segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Plano de Aula - Ciencias (4º Ano): Matéria e Materiais

Para baixar: Clique aqui


PLANO MENSAL – CIÊNCIAS

 

Instituição: Escola Estadual XV de Novembro
Programa: Circuito Campeão
Professora: Joyce Romão
Disciplina: Ciências
Série: 4º Ano “A” e “B”
Período de Desenvolvimento das aulas:
Nº de Aulas: 06 aulas de 60 minutos (em cada turma)
Data:

 “A educação é o maior e mais difícil problema imposto ao homem." (Immanuel Kant)

 
Eixo: Vida e meio ambiente; Ciência, Tecnologia e Sociedade. 
 
Competências Desenvolvidas pelo Aluno:
Ser capaz de utilizar-se das informações para compreender a interação e a interdependência dos fatores abióticos e bióticos de manutenção à vida, valorizando a biodiversidade, reconhecendo as transformações provocadas pela ação humana e as medidas de proteção ao meio ambiente como recursos para garantir a sustentabilidade do planeta;
Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente;
Identificar os elementos e as interações presentes em diferentes ambientes naturais e construídos pelo homem;
Compreender a natureza como um todo dinâmico;
Analisar fenômenos com base na formulação de modelos explicativos;
Compreender a relação da tecnologia com as ciências modernas e contemporâneas, sua influencia na transformação de matérias e o impacto sobre o meio ambiente;
Compreender a tecnologia como meio para suprir necessidades humanas;
Identificar, no mudo atual, relações entre conhecimento científico, produção de tecnologia e transformações sociais;
Utilizar-se de diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos para adquirir e construir conhecimentos em Ciência e Tecnologia.
 
Habilidades Desenvolvidas pelo Aluno:
Compreender o conceito de matéria;
Reconhecer os estados físicos e propriedades da matéria;
Identificar transformações na natureza;
Reconhecer os processos de transformação de matéria: químicas e físicas, reversíveis e irreversíveis.
Reconhecer a existência de materiais naturais e artificiais;
Reconhecer os processos de transformação de matéria prima em objetos;
Identificar recursos renováveis e não-renováveis;
Reconhecer a reciclagem como uma ação importante de conservação dos recursos naturais.
 
Conteúdo:
Matéria: nada se cria ou destrói e tudo se transforma
Transformações dos materiais: químicas e físicas, reversíveis e irreversíveis
Diferentes tipos de materiais: naturais e artificiais
A decomposição de matéria orgânica: os benefícios da compostagem
Transformações de materiais e as conquistas do homem (matéria prima em objetos)
Recursos naturais renováveis e não-renováveis
Recursos naturais: a importância da reciclagem
 
Desenvolvimento de Situações Didáticas:
Aulas expositivas dialogadas, inclusive com o uso de recursos audiovisuais e midiáticos;
Demonstrações práticas através do desenvolvimento de experiências concretas;
Interpretação de textos informativos e imagens;
Jogos educativos;
Leituras compartilhadas;
Levantamento de hipóteses;
Pesquisas através da biblioteca e portais educacionais;
Problematizações;
Produções textuais;
Resolução de exercícios de fixação e tarefas sistemáticas e desafiadoras;
Uso do livro didático;
Trabalhos em grupo.
 
Revisão: Será realizada de forma oral e escrita, via questionamento sobre o conteúdo ministrado, bem como, realização de exercícios de fixação e produção escrita.
 
Recursos: notebook; projetor; microfone; caixas amplificadoras de som; impressora; vídeos; musicas; jogos; internet; materiais concretos; quadro; giz; livro didático; textos informativos; materiais impressos; caderno; lápis; borracha; papel sulfite.
 
Avaliação: A avaliação será processual e contínua no decorrer de todas as aulas, os principais instrumentos utilizados serão: a resolução de exercícios de fixação, a realização de pesquisas e a produção textual. Bem como, os principais fatores observados: comportamento, desenvolvimento, participação, interesse e assiduidade.
 
Bibliografia:
BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: ciências naturais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.
Caderno do Futuro – Ciências 4º Ano.
Instituto Ayrton Senna. Fluxo – Ciências (4º Ano). Circuito Campeão.
PESSÔA, Karina, FAVALLI, Leonel. A escola é nossa: ciências – 4º ano. São Paulo: Scipione, 2011.
TOCANTINS. Referencial Curricular para o Ensino Fundamental de 1º à 9º ano – Artes, 2009.
 
Anexos:
 
ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA
O corpo dos seres vivos e os elementos não-vivos, como o ar, a água, o solo e os objetos, são formados por matéria. Chamamos de material aquilo que é formado de mateira.
A matéria pode se apresentar em três estados físicos fundamentais:
Sólido: em geral tem forma definida (ex.: borracha);
Líquido: não tem forma definida e fica na forma do recipiente (ex.: refrigerante);
Gasoso: não tem forma definida e ocupa todo o espaço disponível (ex.: vapor de água).

PROPRIEDADES DA MATÉRIA
A matéria tem características que podem ser observadas ou medidas, como a cor, o cheiro, a textura, a massa, a transparência ou a resistência. Essas características são chamadas de propriedades da matéria.
 

MATERIAIS NATURAIS E ARTIFICIAIS
Material é tudo o que é formado por matéria.
A madeira, o vidro, os metais, as pedras e o papel são exemplos de materiais com os quais podem ser produzidos diferentes tipos de objetos.
Os materiais naturais são aqueles encontrados disponíveis na natureza:
Materiais de origem vegetal: madeira e palha;
Materiais de origem animal: couro e lã;
Materiais de origem mineral: areia e sal.
Os materiais artificiais não são encontrados disponíveis na natureza, ou seja, são produzidos pelo homem: plástico, papel, vidro.

 
TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA: FÍSICAS E QUÍMICAS
A matéria que nos rodeia está em constante mudança, sofrendo inúmeras transformações. Um copo que se quebra, uma floresta que é incendiada, o gelo polar que derrete.
Podemos distinguir dois tipos de transformações:
Físicas: as propriedades específicas da matéria são mantidas (ex.: a água líquida que se transforma em gelo, continua sendo água).
Químicas: há formação de novos materiais, as propriedades específicas da matéria são alteradas (ex.: a respiração celular que ocorre nos seres vivos; a fotossíntese realizada pelas plantas).
 

TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA: REVERSÍVEIS E IRREVERSÍVEIS
As transformações reversíveis são aquelas em que a mudança pode ser desfeita (ex.: o gelo retirado do congelador derrete e volta a ser água líquida).
As transformações irreversíveis são aquelas em que o material original, depois de transformado, jamais voltará a ser o que era antes.
São exemplos de transformações irreversíveis:
Combustão: o papel ou madeira depois de queimados viram fumaça e cinzas e não podem voltar a ser papel e madeira;
Ferrugem: um prego enferrujado não poderá voltar a ser um prego sem ferrugem;
Decomposição: animais ou plantas mortos e decompostos não podem voltar a vida.
 

CORPO E OBJETO
Quando estudamos a matéria, costumamos considerar apenas porções limitadas, que recebem o nome de corpos. Um corpo que tenha passado por transformações para ser utilizado pelo ser humano é chamado de objeto. Por exemplo, em uma fábrica, pedaços brutos (corpos) de plástico (matéria) são processados por máquinas e transformados em diversos objetos: bolas e outros brinquedos, embalagens, vasilhas etc.


 

4 comentários: